DIA TRISTE...



Hoje o dia está mais triste,a Nega depois de 16 anos perdeu sua companheira,amiga,confidente,anjo cheio de fidelidade.
Com ela,um anjo de quatro patas,aprendi a ser melhor como pessoa,como ser humano.
Com ela,aprendi a amar,aprendi a chorar,aprendi a ser feliz.
E hoje a Nega agradece ao Grande Arquieto do Universo pela oportunidade  dada,e em me tornar uma pessoa melhor.
MEG
Das lembranças que eu guardo na vida,você é a saudade que eu gosto de ter,só assim,sinto você bem perto de mim,outra vez.

O pequeno filhote e o cão mais velho estavam deitados à sombra, sobre a grama verde, observando os reencontros. Às vezes um homem, às vezes uma mulher, às vezes uma família inteira se aproximava da Ponte do Arco-Íris, era recebida por seus animais de estimação com muita festa e eles cruzavam juntos a ponte.
O filhotinho cutucou o cão mais velho: ” Olha lá! Tem alguma coisa maravilhosa acontecendo!” O cão mais velho se levantou e latiu:”Rápido!Vamos até a entrada da ponte!” “Mas aquele não é o meu dono”, choramingou o filhotinho; mas ele obedeceu.
Milhares de animais de estimação correram em direção àquela pessoa vestida de branco, que caminhava em direção à ponte. Conforme aquela pessoa iluminada passava por cada animal, o animal fazia uma reverência com a cabeça em sinal de amor e respeito.
A pessoa finalmente aproximou-se da ponte, onde foi recebida por uma multidão de animais que lhe faziam muita festa. Juntos, eles atravessaram a ponte e desapareceram. O filhotinho ainda estava atônito: “Aquilo era um anjo?”, perguntou baixinho.
“Não, filho”, respondeu o cão mais velho. “Aquilo não era só um anjo. Era uma pessoa que trabalhava em um abrigo de animais.”

Meg..
Um dia te encontrarei além da ponte do arco-iris...
Com amor,mamãe...

3 comentários:

Delano Alexandria disse...

O Amor promove essas coisas tão lindas em nossas vidas.

Não fique triste querida.

Toda sorte de benção pra vc.!!!



Delano Alexandria

Crys disse...

Ah Nega como eu te entendo...
Não gosto nem de sequer pensar quando chegar a hora do meu Tom,
Ele já está com 15 aninhos, e é um amigo desses que está aonde eu estou, que me espera no portão quando saio,que tenho que levar quando viajo, e desses que percebe quando não estou bem...
Ele deita ao meu lado...fica me olhando nos olhos e mexendo em mim com a patinha...sou assim muito apaixonada por ele...
entendo sua dor...Bjs carinhosos em ti amiga linda!

Marcos Campos disse...

ô Nega! Que tristeza !
Mas assim como nós eles tem seu tempo aqui na Terra, e com certeza foi feliz com vc, assim como vc com ela...
Beijo e fique bem...