o Primeiro Beijo

É o primeiro gole de néctar da Vida, numa taça ofertada pela divindade. É a linha divisória entre a dúvida que engana o espírito e entristece o coração, e a certeza que inunda de alegria nosso íntimo. É o começo da canção da Vida e o primeiro ato do drama do Homem Ideal. É o vínculo que une a obscuridade do passado com a luminosidade do futuro; é a ponte entre o silêncio dos sentimentos e a sua própria melodia. É uma palavra pronunciada por quatro lábios, proclamando o coração um trono, o Amor um rei e a fidelidade uma coroa. É o toque leviano dos dedos delicados da brisa nos lábios da rosa — pronunciando um longo suspiro de alívio e um suave gemido.

É o começo daquela vibração mágica que transporta os amantes do mundo das coisas e dos seres para o mundo dos sonhos e das revelações.

É a união de duas flores perfumadas; e a mistura de suas fragrâncias, para a criação de uma terceira alma.

Assim como o primeiro olhar é uma semente lançada pela divindade no campo do coração humano, assim o primeiro beijo é a primeira flor nascida na ponta dos ramos da Árvore da Vida.



Paz e Luz

3 comentários:

Bandys disse...

Somos a versão mais profunda das pessoas que se querem bem,
que se estimam verdadeiramente,
que se respeitam. Nossa amizade está baseada na cumplicidade dos momentos que sempre dividimos,
na partilha desse bem imensurável
que é a fraternidade.
Todos temos a capacidade para amar o nosso próximo sem reservas,
sem preconceitos, em verdadeira sintonia .


Beijo

Marcos Campos disse...

Boa semana!
Bj

*Mi§§ §impatia* disse...

Caramba amiga, viajei nesse post, tantas coisas passaram na mente, affffffffffffff
respondi seu e-mail amiga
bjssss te amo