Ser um ser humano é uma casa de hóspedes. Toda as manhãs chega alguém. É uma alegria que chega, uma depressão, uma mesquinharia, um dar-se conta momentâneo: visitas inesperadas. Dê as boas-vindas a todos, Mesmo quando um bando de tristeza carrega toda a mobília da sua casa. Trate cada hóspede com reverência, Talves ele abra espaço para uma nova alegria. O pensamento sombrio, a vergonha, a malícia, receba-os na porta sorrindo, e convide-os para entrar. Agradeça a quem quer que chegue, porque cada um foi enviado como um guia do além. Rumi

Um comentário:

Mahria disse...

Oxalá se nessa casa de hóspedes so chegassem pessoas que nos enchessem dede luz e bondade.

Bjo
Mah