Deficiências.
Mário Quintana

"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui.

"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria. E, só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois, está sempre apressado para o trabalho; e, quer garantir seus tostões no fim do mês.

"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

"Diabético" é quem não consegue ser doce.

"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer.

"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas, ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino.

E, finalmente, a maior das deficiências é ser miserável; pois, "Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus.


3 comentários:

Luna Sanchez disse...

Olá!

Vim retribuir sua visita, e me deparei com esse blog tão bonito, com um Q de magia, além das palavras de Quintana...

"Deficiente é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino."

Estarei por aqui.

Beijo,

ℓυηα

Harah disse...

e me fez lembrar Cazuza,Blues da Piedade:
"Pra quem vive contando dinheiro e não muda quando é lua cheia...pra quem não sabe amar..Vamos pedir piedade,senhor,piedade..lhes dê grandeza e um pouco de coragem!"
Beijos

tossan® disse...

Gosto muito de Mário Quintana, ele traduz a realidade e poesia da melhor qualidade como Drummond. Beijo