Creio no mundo como num malmequer,
Porque o vejo. Mas não penso nele
Porque pensar é não compreender...

O Mundo não se fez para pensarmos nele
(Pensar é estar doente dos olhos)
Mas para olharmos para ele e estarmos de acordo...

Eu não tenho filosofia; tenho sentidos...
Se falo na Natureza não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a amo, e amo-a por isso
Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe por que ama, nem o que é amar...

Fernando Pessoa


5 comentários:

L'amant disse...

Maravilhoso!!!
O texto reflete o ser que existe dentro de ti. Alguém que está por aqui e não está por acaso. Alguém que não deixa a vida passar em branco, você tem atitude, ama a vida, os animais, as pessoas, a natureza.
Tem uma alegria que ilumina.
Sensível e forte.
Doce e equilibrada.
Te adoro,

Evandro Varella disse...

As vezes os poetas sabem mais que os cientistas e filósofos, traduzem com perfeição e simplicidade o que passa anos procurando,
Abraços

[ rod ] ® disse...

Pessoa diz e todos deveríamos nos curvar... e basta de filosofia... amém aos vastos sentidos... bjs moça.

Marcos Campos disse...

Quando se lê Fernando Pessoa, a gente fica quieto e concorda...sempre!
Beijos Nega!!

*Mi§§ §impatia* disse...

Amooooooooo Pessoa, é fodastico ne?
Beijos maeeeeeeeeeee te amooooo