'Quando o amor acenar,
siga-o ainda que por caminhos
ásperos e íngremes.
Debulha-o até deixá-lo nu.
Transforma-o,
livrando-o de sua palha.
Tritura-o,
até torná-lo branco.
Amassa-o,
até deixá-lo macio;
e,então,submete ao fogo
para que se transforma em pão
para alimentar o corpo e o coração!''

(Khalil Gibran)

2 comentários:

Denise disse...

Enquanto ùnicas em nosso universo interior,escolher o amor é a melhor opção.

carinho

Tempestade disse...

Adorei!
A mais pura verdade, apesar de ser uma tarefa muito difícil.
Beijos Tempestuosos!