A delicadeza do amor...

Ser delicado é possuir alma de criança,

É acreditar...É se emocionar ao ouvir o marulho do mar

É conversar com as paredes...É sentir a pureza de uma rosa,e se envolver no seu perfume...

É ouvir o cantar dos pássaros e se transportar ao sonho...É admirar a liberdade das borboletas,seu colorido e a suavidade de seu toque nas flores...

É ouvir o sussurrar do vento falando de amor aos seus ouvidos

É perceber na musicalidade da chuva,o sentido da vida...

É ver a tempestade, seus raios, trovões e vendavais,impondo limites a humanidade...

É entender que as nuvens negras passam,

E logo ao amanhecer,nasce o sol com seus raios multicoloridosnos mostrando....que vale a pena viver

5 comentários:

Anjo Negro disse...

Mas que LINDO POEMA ...
ADOREI MESMOOOOOOO ...
Os meus Parabens!!!!!
Nunca pares de escrever ...
Beijos Anjo Negro

Pulsar disse...

Lindo poema mesmo....
adorei
beijos

Nanda Assis disse...

o amor nos deixa assim, sensiveis.

bjosss...

EU SOU NEGUINHA disse...

Pessoas lindas...
faltou um detalhe aqui...não fui eu quem escreveu,mas senti na pele cada palavra.
doces beijos a vcs
Nega

Dr. Cohen disse...

Ser capaz de sentir um poema às vezes é melhor do que conseguir escrevê-los. Beijos!